terça-feira, 30 de outubro de 2018

NINNY (NINNY, Brasília-DF)





ENTREVISTA CONCEDIDA (EM FEVEREIRO DE 2008) POR NINNY, PROPRIETÁRIO DO RESTAURANTE ‘NINNY’(309 NORTE):

      1)  BOM, NINNY, FALE UM POUCO DA SICÍLIA E DE SUA GASTRONOMIA PARA OS BRASILEIROS!

- Tive a sorte de nascer em uma das terras mais ricas do mundo em termos gastronômicos. Uma verdadeira ‘Torre de Babel’.  Nasce Fenícia... e romanos ... passar por turcos, árabes – normandos (da Normandia), ... com angiannos (da Duca d’Angio, França) e espanhóis (Borbonnes). Tudo isso está harmonicamente misturado ganhando assim personalidade própria e  única.


2) QUANDO SURGIU SEU INTERESSE PELA COZINHA ?


- Sempre tive interesse, empurrado pelo mais nobre dos vícios capitais: A gula!

3) POR QUE DECIDIU VIR PARA O BRASIL E PARA BRASÍLIA?

- Por amor, só por amor. E se no início odiava Brasília ... agora não consigo ficar longe dela. Brasília já é parte de mim, uma parte indissociável. Não conseguiria mais viver longe de Brasília.


4) QUAL A PROPOSTA DO ‘NINNY’ E QUE PRATO RECOMENDA A QUEM NÃO CONHECE O RESTAURANTE?


- Ninny sou eu, no bem e no mal! Nunca cozinhei no restaurante alguma coisa que eu não gostaria de comer! Naturalmente massas, vários molhos ... sem cair na tentação do mercado, ficando preso às regras da tradição italiana, deixando bem pouco à fantasia!

5) VC É UMA FIGURA POLÊMICA E ALGUNS LHE ACHAM INTRATÁVEL, AMALUCADO, ARROGANTE, EXCESSIVAMENTE PURISTA (NÃO ACEITA MODIFICAR AS RECEITAS, ETC.) - QUER FALAR SOBRE ISTO?

- Tudo verdade! Posso ser grosso também! Depende muito do caso e do que o cliente quer de mim. Não gosto de abuso e menos ainda de abusados! Graças à Deus tem muita oferta no mercado, quem não gostar do Ninny não põe o pé lá.

6) TEM ADMIRAÇÃO ESPECIAL POR ALGUM CHEF DE COZINHA?

- Sim, chamava-se Gualtiero Marchesi, figura conhecida! Para mim é um monumento da gastronomia mundial, um Leonardo da Vinci, único e inigualável. Gostaria de saber fazer 1% do que faz o mestre, me sentiria satisfeito.



7) QUER MENCIONAR ALGUNS ESTABELECIMENTOS DE BRASÍLIA QUE LHE  AGRADEM ESPECIALMENTE?

      -   Don Giovanni (pizza); Nippon.
  

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

IL PAN-DRINO (Brasília-DF)

SANDUBA

Entra ano, sai ano e eu continuo circulando por aí, matando a fome, tomando 'umas e outras', me divertindo - às vezes mais, às vezes menos é verdade - explorando as cidades, as fórmulas. Como já escrevi várias vezes, interessam-me as fórmulas e os conceitos, os parâmetros da gastronomia. Escrever é a principal motivação, e manter os veículos (blog, etc.) alimentados é essencial. A gastronomia é um conhecimento de que me utilizo. O foco do trabalho são os restaurantes e bares funcionando, seu desempenho. E cada um vai onde quiser, pois "até o mau gosto é um gosto afinal", já diz o ditado;)
Mais que um gosto, a boemia pra mim é um estilo de vida... a noite tem uma atração irresistível sobre mim:) Só ou bem acompanhado como atualmente, a vida nos bares faz parte da minha vida desde sempre e provavelmente para sempre...
Um segmento que tem demonstrado grande crescimento na cidade é o das padarias gourmet. São os pães de fermentação natural, padaria francesa, padaria alemã...Invariavelmente a confeitaria e o serviço de cafeteria são agregados à padaria. VARANDA \o/, LA BOULANGERIE e L'AMOUR DU PAIN são apenas algumas das boas casas que Brasília abriga atualmente.

L'AMOUR DU PAIN

Marcou época na cidade a padaria alemã (na 213 norte) do mestre padeiro Reinhold, que morreu precocemente. Era um lugar adorável, autêntico, parecia que vc estava na Alemanha... fui muito lá; entrevistei Reinhold numa tarde de sábado numa das mesas. Num dado momento o vento soprou e as folhas de papel voaram!;)

Reinhold Dern 

Agora uma padaria no final da asa sul traz pães diretamente da Alemanha, que lá passam por um processo especial de congelamento e acabam de assar já aqui na padaria. É a DAS BROT (215 sul). Servem sandubas com os ótimos embutidos da tradicional BERNA. Tem café e alguns doces tb. Lugar bacaninha, vale conhecer!
Pizza, hambúrguer, crepe, tem demais na cidade. Hambúrguer virou febre, quem chega aqui e circula pelas quadras comerciais deve ter a impressão que metade da população da cidade come hambúrguer toda noite (...). Pastelarias já é um nicho mais pobre. Comer um bom pastel num lugar com algum conforto e charme não é tarefa fácil por aqui. O lugar melhorzinho que me vem à cabeça no momento é o PASTEL MIX, na 107 sul.

PASTEL MIX

Gostaria hj de mencionar uma casa que serve os panini italianos, sandubas em vários tipos de pão. Pães ótimos aliás, da CARDABELLE. Refiro-me ao IL PAN-DRINO (412 norte). À frente, o Chef (com passagem na ótima padaria LA BOUTIQUE, em frente) italiano Alessandro Cossu (o 'Drino'). Paninoteca e bar, é uma casa simples e charmosa, oferecendo tb petiscos (bruschettas, tábuas de frios/queijos). Para acompanhar, cerveja artesanal e drinks, além de vinho, claro... afinal estamos na casa de um italiano!


Alessandro


Acho muito agradável tomar 'umas' e petiscar gnocco (bolinhos de pão fritos) com mortadela lá no PAN-DRINO. Sobre os sandubas, acho os mesmos muito bons, embora levem muita coisa no recheio. Prefiro sandubas mais simples, em que eu sinta bem o gosto daquilo que mais quero comer. Se for então mortadela dispenso o queijo...
Muitas combinações com embutidos diversos, queijos, omelete e...hambúrguer, afinal no comércio é preciso se estar antenado com as tendências;)




Preços razoáveis e serviço que conta com a presença constante da esposa do Chef (e gerente) Rejane no salão. É algo que sempre soma à uma casa! Assim, o IL PAN-DRINO torna-se uma opção interessante para quem quer variar das pizzas e hambúrgueres da capital - ótimos por sinal - sem cair no fast-food. É bom para casais ou pequenos grupos. Casa autêntica e com decoração original, já está incorporada aos 'meus favoritos'!


Foi Luigi Benegiamo, o falecido dono da TRATTORIA 101, quem me falou pela primeira vez do PAN-DRINO. Luigi gostava do sanduba de mortadela, Luigi - e os que o conheceram sabem bem disso - sabia o que era bom...

IL PAN-DRINO
412 norte

Cozinha/Bebidas - **1/2
Serviço - **+
Preços - **+
Ambiente - **1/2
Acolhida - **+

*** - Excelente
** - Bom/Regular
* - Sofrível











OSVALDO FILHO (QUEIJO D'ALAGOA, Alagoa-MG)

4 PERGUNTAS PARA OSVALDO FILHO, DO ‘QUEIJO D’ALAGOA’:  1) Então vc decidiu tentar salvar o queijo da sua região, vendendo o mesmo...