segunda-feira, 23 de novembro de 2015

BELGIAN DASH (Goiânia-GO)

PUB DO CERRADO
Goiânia

Enfim o AQUAVIT renasce em Brasília, no segundo andar da antiga Casa de chá do Jardim Botânico. No térreo, fica a sanduicheria do mais brasileiro dos escandinavos, do amante do cerrado, do premiado, político e esperto Chef Simon Lau... e a elite brasiliense que trate de aprender a pronunciar s
mørrebrød, como são chamados os sandubas na Dinamarca!;) 

Casa de chá...eu nem sabia que tinha uma Casa de chá no JB, e fiquei curioso pra saber quem ia lá tomar chá em tempos idos, nesse calorão... enfim, Brasília tem umas coisas bizarras, já me acostumei. E enfiar um restaurante contemporâneo custoso num lugar desses não é pra qualquer um não, mas - justiça seja feita - o Chef Simon não é qualquer um mesmo não:)




Chef Simon Lau

Aquavit

O sanduba de pirarucu defumado com maionese de tucupi é sensacional, outros nem tanto, e a impressão geral que fica da sanduicheria chique é de que uma cozinha preparada se esforça para realizar a fantasia tropical do Chef que veio do frio e...consegue! Mas falta conforto no térreo, pois ficar sentado num banquinho feito de tora de madeira às 2 da tarde num calor de matar não é exatamente prazeroso...
Mudando de assunto, de onde será que vem a boemia?...Um cara de meia idade - mas pode ser um jovem ou um idoso tb - sozinho num bar, bebe pq. não tem ninguém ou pq. ele é assim mesmo? Será que algumas pessoas se bastam ou a solidão no fundo as devora, e o álcool as consola?...Será que o sexo casual, os romances efêmeros e as garotas de programa substituem o amor? É possível ser feliz sozinho, viver bem sem família?...São questões para muitas e muitas crônicas;)


O fato é que a vida boêmia, que assusta as pessoas mais conservadoras, é simplesmente... a vida para quem é boêmio!
Pensava nestas questões lá na BELGIAN DASH, em Goiânia, na sexta, tinha tempo que não ia lá, tava com saudade!

Seria um exagero dizer que a BD é a melhor cervejaria que conheço, mas ela acrescenta bastante a Goiânia, pobre ainda - mas já foi bem pior - em bares diferenciados. Parece que é de um médico da cidade, que se apaixonou por cerveja numa viagem ao exterior - quem já tomou uma trapista belga, uma alemã de trigo, uma stout irlandesa ou uma pilsen tcheca sabe que não é difícil se apaixonar por cerveja de qualidade:) - até um certo ponto, o que acho mais bacana na Casa é a preocupação com o conforto dos clientes, pois a Casa que nasceu pequena ganhou uma boa reforma, com novas mesas na área externa que integram um espaço avarandado muito aprazível. Situada numa área afastada da 'muvuca' dos setores marista, oeste e bueno, e de aspecto interiorano, a sofisticada BD faz um contraste curioso com a vizinhança!




Eu adoro um pub, nossa, aquele lugar meio fechado e meio escuro, rock tocando, cerveja boa;) Na BD na sexta tinham 2 chopes alemães (cevada e trigo) e nada mais, nada menos que... Sua Excelência o emblemático chope escocês Brewdog Punk Ipa! Tem cervejas (em garrafas) e é tb loja. Pra comer as previsíveis salsichas, linguiças, tábua de frios, quibes e um petisco irresistível para quem conhece a cidade: Empadinhas de frango, 'as melhores de Goiânia' segundo o cardápio...mas são apenas razoáveis.






O serviço é o que se pode esperar de um bar em Goiânia, aceitável. Preços justos.

Eu gosto da BD, é sem dúvida um dos meus cantinhos favoritos na cidade da eterna primavera. Passei bons momentos por lá, e desta última vez me perguntava se a boemia não será no fim das contas uma história pra contar - e se for é então parte da minha história - os muitos bares onde estive, os petiscos que provei e os muitos copos que entornei, os muitos garçons que me serviram, os amigos, os rocks que ouvi, as moças que olharam pra mim;)...

BELGIAN DASH


R. 91, nº 184
Setor sul
Goiânia-GO

Cozinha/Bebidas - **+

Serviço - **
Preços - **
Ambiente - **1/2
Acolhida - não se aplica

***- Excelente

**- Bom/regular
*- Sofrível

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

CANTINHO DO EISBEIN (Curitiba-PR)

Curitiba-PR
CURITA

Eu voltei, e voltei renascido...
Fui a tantos bares e restaurantes - nenhum luxo, já que ninguém escapa disso nas férias - que ainda preciso organizá-los na minha cabeça...é verdade que muitos já conhecia, pois gosto muito de alguns estabelecimentos, e tb preciso me manter atualizado sobre eles!
Realmente, pra mim é muito difícil em Sampa deixar de ir ao germânico ZUR ALTEN MÜHLE, um bar que tem tanta personalidade que só falta sair andando e falar;)


Carlos Heying, ZUR ALTEN MÜHLE
Acho que doravante sempre revisitarei tb o EATALY em Sampa - gamei, é lindo, organizado, tem o melhor capuccino que tomei na vida, pães, queijos, azeites, massas, vinhos, peixes, embutidos, restaurantes, enfim... o melhor da Itália num prédio dedicado a promover a maravilhosa gastronomia deste país no Brasil - é de babar, e eu não babo com frequência não!


EATALY

No Rio, é difícil resistir ao ASTOR e ao DELIRIUM CAFÉ...aliás, é difícil resistir ao Rio de maneira geral;)
Em Belô, é grande a tentação de revisitar a SALUMERIA CENTRAL, o CAFÉ VIENA BIER e o vetusto TIP-TOP...



Café Viena Bier

Nesta temporada fora, tive tb a oportunidade de ir a novos lugares, comparar fórmulas, e voltei até valorizando mais os estabelecimentos de Brasília, que podem eventualmente ser superiores em um ou outro aspecto aos badalados estabelecimentos das metrópoles do sudeste:) Um exemplo: O EMPÓRIO SOARES & SOUZA da 403 sul é mais confortável e tem uma cozinha melhor que o BREWDOG BAR em Sampa, o DELIRIUM CAFÉ do Rio e o CAFÉ VIENA BIER em BH, e palmas para a Chef Etiane Regina do EMPÓRIO S&S que ela merece!
Curitiba, tinha que dar uma segunda chance pra essa cidade, tentar gostar dela, fiz isso e...consegui! Curita, seus bares, parques e cafés...Curita, seu mercado, farinha de Morretes...Curita, terra da BODEBROWN e da WAY...Curita, suas ruas limpas e seu povo educado e reservado -  reserva tb imposta pelo clima frio, que tira as pessoas das ruas e das áreas abertas, diminuindo o convívio social - Curita, gostei de vc;)
Vou recomendar um restaurante alemão em Curitiba, adorável, o que muitos restôs franceses e italianos conseguem ser, mas só uns poucos alemães: O CANTINHO DO EISBEIN.



Aberto pelo Sr. Egon Tahrun, descendente de alemães e ex-funcionário da Volkswagen (mais alemão impossível...), servindo no início só o eisbein uns poucos dias da semana, o restaurante com o tempo diversificou o cardápio, cresceu e tornou-se uma referência em culinária germânica no sul do país, o que equivale a dizer que é uma referência no país.
Sr. Egon
Salsichas, kassler, eisbein (claro!) e, o que é mais raro, marreco recheado. Às quintas, bufê de comida alemã no almoço, pra espantar o frio frequente:).
Fui lá 2 vezes e gostei bastante, em especial do estrogonofe e do creme que acompanha a ótima apfelstrudel. A bebida recomendada é evidentemente a cerveja alemã.




Preços ótimos no almoço executivo e preços justos no cardápio normal. Este tipo de restaurante fica mais barato quando se vai com mais alguém para dividir o prato, atenção. Serviço correto.
Em Curita faça o passeio de ônibus que roda a cidade toda, suba na torre panorâmica, respire seu ar frio - os moradores mais antigos contam que o frio diminuiu - tome um chocolate quente no CAFÉ DO PÁTIO, tome umas no HOP'N ROLL PUB e vá almoçar no CANTINHO DO EISBEIN. 
Gostaria muito de ter levado a fulana pra almoçar no CANTINHO, mas não consegui falar com ela, não sei dela nem quando vou ver ela...


CANTINHO DO EISBEIN

Avenida dos Estados, 863 Água Verde, Curitiba - PR 

Cozinha - **1/2
Serviço - **1/2
Preços - **+
Ambiente - **1/2
Acolhida - **+

***- Excelente
**- Bom/Regular
*- Sofrível

LIGURIA (Santiago do Chile)

RAPA NUI Tinha tempo que eu tinha vontade de ir lá , matei a vontade, e dei por visto como se diz. Ilha de Páscoa, ou 'Rapa Nui'...