terça-feira, 27 de setembro de 2016

PIRENEUS CAFÉ & FORNERIA (Pirenópolis-GO)

QUEM VAI FAZER SHOW HOJE?!

Eu concordo plenamente com aquele ditado que diz que "só os mortos e os idiotas não mudam de opinião". Felizmente já mudei de opinião muitas vezes, e sobre diversos temas. Mas ninguém me convenceu ainda de que há lugar mais interessante que Pirenópolis pra quem mora em Brasília passar 1 ou 2 dias e mudar de ares! Ir e voltar no mesmo dia já acho meio complicado, pois se perde a noite, pra mim o que Piri tem de melhor...;) Eu gosto de Brasília, mas todo lugar cansa, não adianta...e viajar toda hora cansa tb...a gente tem é que achar um meio termo, o meu meio termo já achei faz tempo: Só acho graça em sair de Brasília 2 X por mês, no máximo, nos outros finais de semana é por aqui mesmo que gosto de ficar, na terra das superquadras...

"O beijo na superquadra" - Foto: João Paulo Barbosa

Piri é quase uma unanimidade pq., se não consegue agradar a todos, agrada a muitos, pois tem... atrações para muitos! Se vc quer descansar, Piri serve; se vc quer namorar, serve tb; se vc quer cair na noite, serve tb - eu que o diga;) - se vc quer pegar uma trilha + cachoeira, serve tb; se vc quer comer bem, serve tb; bom, chega, pra não gostar de nada em Piri tem que ser artista! É perto, a gente vai e volta com um tanque de gasolina e ainda sobra, os restaurantes populares são baratos, pronto, é muito conveniente que Piri esteja aqui pertinho:)

Salto Corumbá

Como na sexta choveu forte e refrescou me animei a dar um pulo em Piri no sábado, acertei, tava uma delícia;) 
Um lugar que vem agradando muito em Piri é o CAFÉ PAND'ORO, que foi recentemente adquirido pelo jovem casal Rafael e Sejana da Chef local Niris Quirino, a fundadora do tradicional PIRENEUS CAFÉ & FORNERIA, na Pça. do Coreto. Muito feliz a decoração e muito bons os produtos - em especial os pães - do PAND'ORO, uma ótima opção para o café da manhã, vida longa ao mesmo!
Eu conheço o PIRENEUS CAFÉ desde qdo. ele ocupava um imóvel menor, e conheci a extinta FORNERIA PIRENEUS em Goiânia, tocada pela Chef Niris e um sócio.

CAFÉ  PAND'ORO

O PIRENEUS CAFÉ & FORNERIA é sem dúvida uma das melhores Casas de Piri, e segundo o atual dono, o gentleman Paulo Amorim, é seguramente a que tem a melhor música. Pode ser, até pq. o CAFFÉ TARSIA, que fez história com suas apresentações musicais na Rua do Lazer, não se renovou e desapareceu, pena. Pena, e pra mim prejuízo tb(...).

PIRENEUS CAFÉ & FORNERIA

Paulo Amorim divide-se entre Piri e Ilhabela-SP, e daí a decoração com motivos marítimos do PIRENEUS. Sábado tem feijoada no almoço, e domingo bacalhau. Tudo muito bom, mas acho que deviam começar a servir mais cedo, e ponto final.


Bacalhau

À noite o PIRENEUS ferve, e é um dos poucos lugares da cidade que abre todo dia, palmas para ele! À noite reina a focaccia nas mesas, mas há tb sandubas em pães diversos, panquecas e lasanhas/canelones, tudo muito bem feito. O cardápio extenso lista ainda sobremesas, cafés, chocolates quentes, soda italiana, destilados e, mais recentemente, cervejas de qualidade, nacionais e estrangeiras\o/. O ótimo café espresso é tb marca do lugar. 

Focaccia
Os shows musicais às sextas e sábados - se quiser sentar chegue cedo! - são tb um grande atrativo do PIRENEUS. Já vi muito show lá pra encerrar a minha programação noturna, que invariavelmente começa com um licor de baru no tradicional BOXEXA;)




Então o PIRENEUS cresceu, se sofisticou e se firmou - merecidamente - como uma das melhores Casas da boêmia Piri. Sabem aquele clichê?: "Quem vai a Roma tem que ver o Papa!". Pois é, quem vai a Piri tem que assistir um show e comer uma focaccia no emblemático PIRENEUS CAFÉ & FORNERIA:)

PIRENEUS CAFÉ & FORNERIA
Foto: Lúcia Costa

PÇA. DO CORETO
Pirenópolis-GO

Cozinha/bebidas - **1/2
Serviço - **
Preços - **+
Ambiente - ***
Acolhida - não se aplica

*** - Excelente
** - Bom/regular
* - Sofrível


segunda-feira, 5 de setembro de 2016

PIANTELLA: Apogeu e fim de um ícone...(Brasília-DF)

VINHOS E VOTAÇÕES


Li muita coisa sobre o fim do PIANTELLA, me animei e decidi escrever um texto conceitual sobre o apogeu e o fim deste lendário restaurante da capital, alors...
O restaurante gastronômico um belo dia surge num lugar, é um negócio como outro qualquer. Sócios se reúnem em torno de um projeto, uma ideia, há um capital inicial, surge um ponto comercial, tem um Chef que comandará a cozinha, e às vezes o restaurante é do próprio Chef, claro. São muitas as fórmulas possíveis. Nascer é o mais fácil. Mas o dia-a-dia de um restaurante não é nada fácil. E é preciso ter coragem para enfrentar o fim, que pode vir antes do que se imagina...



O PIANTELLA durou 37 anos, é muito, muitíssimo se considerarmos que operava numa cidade que só tem 56!

Foto: Olivier Böels

Sempre se disse que o PIANTELLA servia ao poder, aos políticos, o que era uma parte da história, mas servia tb a quem não tinha poder nem era político, quer dizer, as pessoas não sacavam direito que o PIANTELLA servia mesmo era... pra dar lucro pros seus donos, ora! Os donos do PIANTELLA souberam aproveitar a vocação da capital para ganhar dinheiro num restaurante perto da esplanada, fino e de ambiente discreto, que favorecesse os conchavos, as articulações e os encontros reservados, inclusive entre clientes e garotas de programa de luxo no seu lindo bar;)





Marco Aurélio, o grande restaurateur da cidade, e talvez o maior deles, fundador e sócio do PIANTELLA até 2 anos atrás, dizia que o restaurante teve início numa época em que todo mundo se conhecia em Brasília, e que hj não se conhece mais ninguém! Isso diz muito sobre o fim do restaurante. O PIANTELLA tornou-se um must na cidade para um certo grupo de pessoas durante um certo tempo - um bom tempo aliás - mas deixou de ser isso há tempos, e não resistiu.


Marco Aurélio

Nos anos 80 era no PIANTELLA, no GAFF ou no FLORENTINO que vc tinha que ir, dependendo de quem vc fosse. Nos anos 90 podia ser tb no DOM FRANCISCO ou no LAKE'S. De 2000 pra cá mudou tudo - GAFF e FLORENTINO tombaram no caminho - inúmeras grifes de fora se instalaram na cidade e o PIANTELLA tornou-se apenas mais uma opção, uma opção cada vez mais nostálgica...
Foi-se o PIANTELLA, como já se foram tantos outros...e quem estará aberto daqui a 1 ano? Ninguém sabe, esta é a verdade. Foi-se recentemente tb o CAFÉ CASSIS, onde - nos tempos da 214 sul - muito quarentão e cinquentão de hj levou a namorada pra jantar 'bacalhau espiritual' ou 'estrogonofe à J.R.' nos anos 90...nada dura para sempre! 
Kakay, o advogado cabeludo e milionário, um antigo cliente que - juntamente com a mulher - assumiu o controle do restaurante nos últimos tempos, comprando a parte de Marco Aurélio, fez de tudo para salvar o velho PIANTELLA, mas a situação era irreversível. A pedido dos clientes, abriu o restaurante pela última vez no dia da votação do Impeachment da Presidente, uma data histórica.


Kakay


Não há poder maior que o do tempo, e no fim das contas tudo vira uma lembrança - inclusive nós mesmos - e o importante é que sejamos uma boa lembrança para a maioria após partir, já que ninguém consegue agradar a todos. 
No restaurante pessoas trabalham, clientes convivem nas mesas e celebram o prazer da boa comida e do bom vinho. Assim, os restaurantes tb deixam lembranças.
O PIANTELLA se foi, é triste o fechamento de um restaurante depois de tanto tempo. Dos mortos não se fala mais, e deixemos o PIANTELLA repousar. Marco Aurélio e Kakay merecem nossa admiração. E eu vou ter que comer cozido aos domingos em outro lugar, e vai ser muito difícil achar um tão bom quanto o do PIANTELLA...





NOTA: O restaurante foi reaberto sob nova administração após a publicação desta matéria.

LIGURIA (Santiago do Chile)

RAPA NUI Tinha tempo que eu tinha vontade de ir lá , matei a vontade, e dei por visto como se diz. Ilha de Páscoa, ou 'Rapa Nui'...