sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

COMMO GASTRONOMIA (Brasília-DF)

PASSAR NA LOJA, E DEPOIS ALMOÇAR...

Eu sempre achei que o Rodrigo Cabral ia se dar bem na área gastronômica, era só uma questão de tempo. Mas ele resolveu se dar bem bastante longe daqui, gerenciando um restaurante latino-americano em Abu Dhabi, vejam só que interessante!


Rodrigo Cabral

Passei bons momentos nos extintos RIDERS CAFÉ e ARES DO BRASIL, que tinham o Rodrigo como sócio. Frequento ainda a SANTA PIZZA, uma das boas pizzarias de Brasília, e que foi por muitos anos da família da Fernanda, esposa do Rodrigo. São pessoas que fazem falta em Brasília, mas tudo muda na vida, algumas pessoas se vão, outras chegam em nossas vidas...sem falar que os problemas do Brasil tem levado muita gente a tentar a vida no exterior, onde empreender é mais fácil e não tem essa corrupção horrorosa. Bom, mas nosso assunto é restaurantes e bares, não vamos enveredar por outra seara....;)


Abu Dhabi

Em Piri, saindo um pouco do assunto anterior, um lugar que tem me chamado a atenção é o BISTRÔ CALLIANDRA, de Adriana Carvalho, sócia da VINÍCOLA PIRENEUS, que faz bons vinhos em Cocalzinho. Restaurante de clima intimista e charmoso, é perfeito para um jantar em boa companhia. Tem boa comida e preenche uma lacuna na cidade, que é a de restaurantes finos - sem música alta - e com algum conforto. É tb um pequeno empório. Visitem!


Adriana

Calliandra

Tenho ido a muitos lugares como sempre. A alguns, vou quase toda semana. É o caso do COMMO, no Conjunto Nacional, do Fernando, pai do...Rodrigo Cabral. Engraçado, nunca pensei que fosse escrever sobre o COMMO, onde já devo ter comido a produção de uma granja inteira se somar as vezes em que pedi galinhada lá;). Adoro galinhada, que aliás era um dos melhores pratos do ARES DO BRASIL.


Galinhada

Para entender o COMMO (e seu sucesso estrondoso) é preciso sacar que ele visa um público que quer comer bem, sem gastar muito, num restaurante de bom padrão, e rápido. Ou seja, o COMMO visa um público executivo no almoço basicamente. Desconheço a frequência noturna do restaurante, mas apostaria que o faturamento é bem maior no almoço. 


Assim, ao entregar uma comida boa num restaurante de bom padrão (sem ser gastronômico, atenção) - longe da praça de alimentação - o COMMO tornou-se provavelmente o restaurante de melhor custo-benefício do shopping, bingo! O sistema é o fast casual, com pré-pagamento. Os pratos chegam numa velocidade impressionante à mesa!
Tem picadinho, estrogonofe, filés, salmão, massas, feijoada (às sextas), camarão, muita variedade. Não repetiria porém o filé Osvaldo Aranha, que não é fiel à receita. Servem uma ótima mousse de chocolate por lá.





Tempos atrás, para conhecer um lugar novo no shopping, deixei de ir ao COMMO. Me arrependi. Vale a pena investir um pouco mais e almoçar longe daquela praça de alimentação barulhenta. Não adianta, está no velho Conjuntão?! Vá de COMMO, e peça quem sabe o prato preferido do dono, o filé à parmigiana, sucesso de norte a sul do país:)
À bientôt.

COMMO GASTRONOMIA
CONJUNTO NACIONAL, TÉRREO

Cozinha - **+
Serviço - **1/2
Preços - **1/2
Ambiente - **+
Acolhida - Não se aplica

*** - Excelente
** - Bom/Regular
* - Sofrível



Nenhum comentário:

Postar um comentário

CHEF GABRIELA JABOUR (TERRUÁ PEQUENA COZINHA AUTORAL - Brasília-DF)

5 PERGUNTAS PARA CHEF GABRIELA JABOUR, DO RESTAURANTE TERRUÁ, BRASÍLIA 1- Então, parece evidente que o seu interesse pela cozinha vem das...