terça-feira, 27 de agosto de 2019

PAULO AMORIM (FORNERIA PIRENEUS CAFÉ, Pirenópolis-GO)

ENTREVISTA COM PAULO AMORIM, PROPRIETÁRIO DA ‘FORNERIA PIRENEUS CAFÉ’ EM PIRENÓPOLIS-GO:




1) Já tinha uma atração por cozinha/bar/restaurante ou a FORNERIA PIRENEUS foi pra vc mais uma oportunidade de negócio mesmo?

- Sempre apreciei a alta gastronomia, em São Paulo sempre que podia visitava restaurantes na busca por novos sabores, principalmente da culinária italiana. A ideia de abrir a (hoje) ‘Forneria Pireneus Café’ partiu da minha ex-companheira Niris, que sempre prezou pela boa gastronomia, sendo a responsável por grande parte do nosso cardápio, e em especial as Focaccias, que são a nossa especialidade.



2) Como vc veio parar em Pirenópolis-GO?! (pergunta da fã da página Maria Zezi, proprietária do ‘Tia Rosinha Café’ em Brasília);

- Minha paixão por Pirenópolis vem desde o ano de 1982 quando pela primeira vez coloquei os pés na cidade, ou melhor coloquei o caiaque nas águas do rio das almas. Na época tinha uma loja de materiais esportivos em Goiânia chamada ‘Conexão Verde’ e praticava canoagem. Alguns anos depois já morando em Ilhabela no litoral de São Paulo adquiri um sítio na serra dos Pireneus próximo à cachoeira do Abade, que costumava frequentar algumas vezes ao ano. No ano de 2005 resolvi vir morar em Piri, quando dei início à construção da minha residência e das instalações do ‘Pireneus Café’, como era conhecido naquela época.



3) Os músicos são escolhidos de que forma?

- Sempre gostei de música, meu avô era maestro e meu pai estava sempre envolvido com a bossa nova e o jazz, minha mãe apreciadora da música clássica. Cresci nesse ambiente e faço o cardápio musical sempre com música instrumental e contando sempre com músicos de qualidade.

4) Sugira 1 entrada, 2 pratos e uma sobremesa a quem vai conhecer a FORNERIA!

- Para quem vem conhecer a ‘Forneria’ sugiro de entrada pasteizinhos Paraty de camarão com queijo catupiry, uma focaccia de shitake com gorgonzola ou a de copa com figo orgânico. De sobremesa a torta de maçã ou a da rainha de três chocolates.





5) Mencione um restaurante que lhe agrade em Piri!

- Em Pirenópolis destaco o restaurante ‘Montserrat’.

OBRIGADO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PAULO AMORIM (FORNERIA PIRENEUS CAFÉ, Pirenópolis-GO)

ENTREVISTA COM PAULO AMORIM, PROPRIETÁRIO DA ‘FORNERIA PIRENEUS CAFÉ’ EM PIRENÓPOLIS-GO: 1) Já tinha uma atração por cozinha/ba...