PIANTELLA: Apogeu e fim de um ícone...(Brasília-DF)

VINHOS E VOTAÇÕES


Li muita coisa sobre o fim do PIANTELLA, me animei e decidi escrever um texto conceitual sobre o apogeu e o fim deste lendário restaurante da capital, alors...
O restaurante gastronômico um belo dia surge num lugar, é um negócio como outro qualquer. Sócios se reúnem em torno de um projeto, uma ideia, há um capital inicial, surge um ponto comercial, tem um Chef que comandará a cozinha, e às vezes o restaurante é do próprio Chef, claro. São muitas as fórmulas possíveis. Nascer é o mais fácil. Mas o dia-a-dia de um restaurante não é nada fácil. E é preciso ter coragem para enfrentar o fim, que pode vir antes do que se imagina...



O PIANTELLA durou 37 anos, é muito, muitíssimo se considerarmos que operava numa cidade que só tem 56!

Foto: Olivier Böels

Sempre se disse que o PIANTELLA servia ao poder, aos políticos, o que era uma parte da história, mas servia tb a quem não tinha poder nem era político, quer dizer, as pessoas não sacavam direito que o PIANTELLA servia mesmo era... pra dar lucro pros seus donos, ora! Os donos do PIANTELLA souberam aproveitar a vocação da capital para ganhar dinheiro num restaurante perto da esplanada, fino e de ambiente discreto, que favorecesse os conchavos, as articulações e os encontros reservados, inclusive entre clientes e garotas de programa de luxo no seu lindo bar;)





Marco Aurélio, o grande restaurateur da cidade, e talvez o maior deles, fundador e sócio do PIANTELLA até 2 anos atrás, dizia que o restaurante teve início numa época em que todo mundo se conhecia em Brasília, e que hj não se conhece mais ninguém! Isso diz muito sobre o fim do restaurante. O PIANTELLA tornou-se um must na cidade para um certo grupo de pessoas durante um certo tempo - um bom tempo aliás - mas deixou de ser isso há tempos, e não resistiu.


Marco Aurélio

Nos anos 80 era no PIANTELLA, no GAFF ou no FLORENTINO que vc tinha que ir, dependendo de quem vc fosse. Nos anos 90 podia ser tb no DOM FRANCISCO ou no LAKE'S. De 2000 pra cá mudou tudo - GAFF e FLORENTINO tombaram no caminho - inúmeras grifes de fora se instalaram na cidade e o PIANTELLA tornou-se apenas mais uma opção, uma opção cada vez mais nostálgica...
Foi-se o PIANTELLA, como já se foram tantos outros...e quem estará aberto daqui a 1 ano? Ninguém sabe, esta é a verdade. Foi-se recentemente tb o CAFÉ CASSIS, onde - nos tempos da 214 sul - muito quarentão e cinquentão de hj levou a namorada pra jantar 'bacalhau espiritual' ou 'estrogonofe à J.R.' nos anos 90...nada dura para sempre! 
Kakay, o advogado cabeludo e milionário, um antigo cliente que - juntamente com a mulher - assumiu o controle do restaurante nos últimos tempos, comprando a parte de Marco Aurélio, fez de tudo para salvar o velho PIANTELLA, mas a situação era irreversível. A pedido dos clientes, abriu o restaurante pela última vez no dia da votação do Impeachment da Presidente, uma data histórica.


Kakay


Não há poder maior que o do tempo, e no fim das contas tudo vira uma lembrança - inclusive nós mesmos - e o importante é que sejamos uma boa lembrança para a maioria após partir, já que ninguém consegue agradar a todos. 
No restaurante pessoas trabalham, clientes convivem nas mesas e celebram o prazer da boa comida e do bom vinho. Assim, os restaurantes tb deixam lembranças.
O PIANTELLA se foi, é triste o fechamento de um restaurante depois de tanto tempo. Dos mortos não se fala mais, e deixemos o PIANTELLA repousar. Marco Aurélio e Kakay merecem nossa admiração. E eu vou ter que comer cozido aos domingos em outro lugar, e vai ser muito difícil achar um tão bom quanto o do PIANTELLA...





NOTA: O restaurante foi reaberto sob nova administração após a publicação desta matéria.

Comentários

  1. Muito bom o texto, Saboia! Uma interessante abordagem dos principais restaurantes da história de Brasília...

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo comentário João Vicente, que bom que gostou da matéria, escreva sempre!
    A gente se vê na Grote qq. dia desses...
    abs

    ResponderExcluir
  3. O piano bar era memorável!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário.
      É, marcou época o piano bar do Piantella, os queijos no balcão...
      Escreva sempre!
      abs

      Excluir
  4. Obrigada pelo carinho com nosso sempre Piantella , faz 3 anos que me casei lá.

    ResponderExcluir
  5. Ótima matéria, gostei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário, que bom que gostou.
      Escreva sempre!

      Excluir
  6. Sem dúvidas um Marco forte para Brasília e para o Brasil, apenas nos desta querida época sabe qtas decisões politicas foram tomadas dentro do Piantella para nonoutro dia seguir ao senado, a câmera dos deputados.. Parabens Brasilia, Piantella e toda sua História....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário Cristiano.
      Escreva sempre!

      Excluir
  7. Caro Marcelo,
    Espero que estejas bem.
    Sim, ótimo texto, ficar em pé é muito difícil.
    Abração.
    Joel do Martinica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário. Vou bem sim.
      Que bom que gostou do texto! Escreva sempre.
      abs

      Excluir

Postar um comentário